CNBB inaugura prédio provisório


A bênção do novo prédio da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), onde funciona temporariamente o secretariado geral, abriu a reunião do Conselho Permanente da entidade, na terça-feira, dia 24 de outubro. A cerimônia foi conduzida pelo arcebispo de Brasília (DF) e presidente da Conferência, cardeal Sergio da Rocha.

Durante a cerimônia de bênção do prédio, localizado na 905 Norte, em Brasília, foi lida a “parábola dos talentos” (Mateus 25, 14-30). Em sua fala, o cardeal Sergio da Rocha refletiu sobre o trecho do Evangelho ressaltando que a passagem “nos faz pensar na nossa responsabilidade em fazer frutificar os dons que Deus nos concede”. Apontando a nova casa da sede da Conferência como “dom e graça de Deus”, ressaltou os esforços para que “esse dom possa produzir muitos frutos e promover, acima de tudo, a unidade na vida da Igreja e a comunhão do episcopado”.

Cerimônia

A bênção teve início logo cedo, antes da primeira sessão da reunião do Conselho Permanente da CNBB, com a presença dos presidentes das Comissões Episcopais Pastorais e dos regionais da Conferência, colaboradores, assessores, representantes de organismos eclesiais e do governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg.

Dom Leonardo Steiner iniciou a cerimônia agradecendo às pessoas que colaboraram e trabalharam no projeto e na construção da sede provisória, algumas delas que já não estão à serviço da CNBB. Também agradeceu à agência de desenvolvimento Adveniat e ao Banco Bradesco, pelo apoio financeiro, e à arquidiocese de Porto Alegre, na pessoa do arcebispo, dom Jaime Spengler, que doou as cruzes que serão colocadas nas paredes das salas e quartos do prédio. Ele esclareceu que não se tratava de uma inauguração, mas da bênção do espaço. “Vamos benzer o prédio para que Deus nos acompanhe”, afirmou.

Após a leitura do Evangelho, com a parábola dos talentos, dom Sergio afirmou que “Aquele que nos chamou é fiel”, lembrando do patrão que oferece os dons aos seus servos. "Também desejo bendizer a Deus, que tem construído esta casa, não o prédio em si, mas a Igreja, fruto da bondade conduzido pelo Espírito de Deus".

Dom Sergio também agradeceu e ressaltou a colaboração das pessoas que estão à serviço da Igreja no Brasil e que contribuíram para a execução do projeto, em particular a dedicação e o empenho de dom Leonardo Steiner na construção da sede provisória, a quem agradeceu, na pessoa de seu auxiliar, aos que participaram da construção. Os agradecimentos também foram manifestados à empresa Qualy, responsável pela obra, e ao “tão bonito e generoso” empenho dos colaboradores na mudança para o novo local.


17 visualizações