NO CENÓBIO, AGENTES DE PASTORAIS SE ENCONTRAM PARA DISCUTIR  A DURA REALIDADE DA VIOLÊNCIA E SÃO PRO


Acontece no Cenóbio da Transfiguração, neste final de semana, encontro que iniciou sexta 19, às 18 horas, logo após o acolhimento e alojamento. É um encontro de formação empenhado a apresentar a realidade da violência que vivemos, algo que não é atual e por isso desde o ano passado este tema já estava na pauta da CNBB nacional, para ser trabalhado em todo o país durante o próximo período de Quaresma que inicia com a Quarta-feira de Cinzas e segue até a Páscoa, tempo em que a Igreja Católica no Brasil aproveita para debater temas importantes e relevantes para a sociedade, no âmbito religioso e social.

Segundo Vânia Sagresti, que está no encontro, publicou a pouco a formação já bordou de assuntos pertinentes como "Construir a fraternidade, promover uma cultura de paz, de reconciliação e da justiça à luz da Palavra de Deus como caminho de superação da violência" e que este é o objetivo da CF 2018. A Diocese de Castanhal tem se utilizado da Comissão de Justiça e Paz (CJP) da própria Diocese para a formação dos Agentes de Pastorais das paróquias, em que os participantes têm a missão de ser multiplicadores aprofundando os estudos nas suas Pequenas Comunidades.

Na foto acima, mesa redonda sobre o cenário da violência com a participação do Delegado Dr. Temer Kayath, Superintendente da Pol. Civil da 3a° região e a intermediação do Paulo Correa (Tv Mãe de Deus) e da Ir. Teresinha, ambos da CJP.

O encontro encerra neste domingo por volta do meio dia.


20 visualizações