Retiros de carnavais na Diocese


Longe do agito e da folia, jovens de toda a região geográfica da Diocese de Castanhal fizeram seus retiros espirituais, durante os dias de carnaval, culminando com a quarta-feira de cinzas, período do início quaresmal.

Desde o último sábado, dia 10, era já notável a movimentação massiva da juventude, pois, há algum tempo, os convites eram vistos nos whatsApps e facebooks das Paróquias e grupos, com os diversos temas que deveriam ajudar nas reflexões desses dias de recolhimento .

Para quem buscou um momento diferente, de paz interior, foi uma opção saudável, pois a maioria dos grupos, que foi possível acompanhar por alguns instantes, estava em lugares afastados e ambientes propícios, onde a natureza ajudava na meditação e o silencio era a única sinfonia aos ouvidos dos participantes.

Além do que a natureza ofereceu, em muitos grupos houve, também, a missionariedade nas famílias, a atenção aos idosos e doentes, tudo como uma forma deles se sentirem protagonistas na construção de um projeto de vida plena conforme o que o próprio Jesus ensina.

A Campanha da Fraternidade 2018, que atenta para a Superação da Violência e o Ano do Laicato que marca a atuação dos leigos, foram temas desenvolvidos e estudados pelos jovens, que sempre contavam com a presença ou assessoria de educadores leigos. religiosas, padres e em alguns a presença do Bispo Dom Carlos.

Os grupos, sempre acompanhados pelos Párocos, equipes de voluntários adultos e casais , usufruíram de seus cuidados e preocupações para que nada lhes faltasse, tornando, assim, sua permanência uma interação lúdica e agradável. Os participantes relataram, também, que sairiam renovados, com maior ardor para a missão e compromisso firmado com a causa dos pequenos e excluídos . Todos esses momentos serviriam de enriquecimento, equilíbrio e uma compreensão mais ampla da capacidade de amar o irmão, pedido esse sempre bem lembrado nas palavras de Dom Carlos: “... pois quem experimenta e vive o amor só esse é capaz de amar .... , salientando, também: “...que essas belas experiências têm que ser vividas e testemunhadas nas suas pequenas comunidades eclesiais...”

Os meios de Comunicação da Diocese de Castanhal: a TV Mãe de Deus, o Jornal COM e a PASCOM DIOCESANA, através de seus profissionais e comunicadores, estiveram registrando os momentos da caminhada desses Jovens da Igreja de Castanhal.


47 visualizações