ENCONTRO NACIONAL DE PASCOM COM PARTICIPANTES DA DIOCESE


Encerrou-se neste domingo 22 de julho, em Aparecida, São Paulo, um dos eventos mais importantes para a comunicação católica de todo o país, o Encontro Nacional de PASCOM (Pastoral da Comunicação), programação realizada pela própria Igreja Católica mas que, recebe comunicadores dos mais diversos seguimentos, uns para compreender mais da comunicação cristã, outros para estarem a par de assuntos sérios e/ou polêmicos que a igreja não deixa de se preocupar e discutir nas suas diversas realidades.

O encontro teve início ainda no dia 19 de julho e com quatro dias de atividades intensivas se encerra ao meio dia deste domingo, encontro que girou em torno do tema “Comunicação e Igreja”, no seu roteiro foram realizadas quatro conferências e cinco seminários, promovendo a integração e partilha de experiências entre personalidades e estudiosos do setor de comunicação, bispos, sacerdotes, religiosos e os leigos agentes da PASCOM de todo o Brasil.

A Diocese de Castanhal participou com três integrantes, Arquimimo Cardoso e Caio Pereira, ambos da PASCOM e José raimundo do setor administrativo paroquial, todos paroquianos de São José. Segundo Arquimimo, cerca de 800 pessoas foram inscritas no evento e participam da programação, nos disse ainda que os momentos foram de informação e formação e que isso serve para melhor contribuir na evangelização através da comunicação. Com os Seminários “Imagens Religiosas (fotografia)” e “Educomunicação” foram momentos de esclarecedores e que servem para também repassar aos agentes da Comunicação na paróquia de São José e de forma mais ampla à Diocese de Castanhal.

Caio Graco disse que este 6° Encontro de Pascom é seu primeiro, experiência inexplicável e aprendizado enriquecedor. “Cada palestra, cada seminário, cada oficina uma oportunidade de aprender e compartilhar as realidades de todas as PASCOM’s espalhadas pelo Brasil. Todos viemos em busca de conhecimento, mas o encontro nos proporcionou, através de nossas realidades, poder também ajudar muito de nossos irmãos comunicadores. Serei eternamente grato por essa experiência, e na volta para casa poder ajudar também a nossa Pascom paroquial e Diocesana a ser uma pastoral interlocutora, educomunicativa e transmissora da verdade do evangelho, reforçou Caio Graco Pereira ao final do encontro.


23 visualizações