O Conselho Diocesano de Pastoral – Maior  Instrumento de Comunhão de uma Diocese.


Está reunido desde ontem, 30 de maio, no Cenóbio da Transfiguração, o Conselho de Pastoral da Diocese de Castanhal. É o maior instrumento de comunhão de uma Diocese em sua caminhada pastoral e, presidido pelo Bispo, congrega padres, diáconos, religiosos e religiosas, coordenadores das pastorais, movimentos eclesiais e lideranças das Pequenas Comunidades existentes no âmbito da Diocese.

Com o tema da Carta Pastoral 2019 de: “Uma Igreja que se aproxima, escuta, ilumina, as Famílias , os Jovens, as Periferias”, o Conselho objetiva avaliar sua caminhada, revendo práticas e propondo ações evangelizadoras que, sob a ação do Espírito Santo e à luz da Palavra de Deus, conduzirão á grande Assembleia Diocesana, evento celebrado de 4 em 4 anos, e que acontecerá em novembro próximo.

Na abertura , Dom Carlos, ao cumprimentar os presentes, lembrou que o encontro é o momento que “ prioriza a comunhão da Igreja” e que seus membros são “porta-vozes de toda a multidão que forma a Diocese e, ao mesmo tempo, aqueles que irão orientar para uma caminhada de comunhão”.

Na programação desta sexta feira, 31, o secretário diocesano de pastoral, Victor Paiva, Ofs, apresentará a Avaliação Pastoral do Quadriênio 2015 -2019: síntese do percurso vivenciado nas bases, em suas vertentes sócio-religiosas, e o Bispo Dom Carlos Verzeletti fará a exposição do novo documento: “ Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2019-2023”, resultado da 57ª Assembleia da CNBB, em abril de 2019.

Ainda, como parte da programação do dia, haverá a participação na ordenação presbiteral dos diáconos João Ricardo, Antonio e André, na Catedral Santa Maria Mãe de Deus, às 19:00h.

Para o sábado, estão previstos os grupos de trabalhos; propostas de encaminhamentos e aprovação em plenária, com a aprovação da Ata da primeira reunião anual do Conselho Diocesano de Pastoral


78 visualizações