Covid-19: Posicionamento do bispo em nota pública


Em nota pública, na tarde do sábado 16 de maio, a Diocese de Castanhal esclarece a posição do Bispo Dom Carlos e da própria diocese diante da propagação de mensagens em respeito ao posicionamento destes diante do isolamento social.


A Diocese de Castanhal através do bispo volta a afirmar que é melhor superar a crise com menos recursos do que com menos vidas, afirmando ainda que o cuidado da vida se traduz no isolamento social, solidariedade e é responsabilidade de cada católico. Veja o texto na íntegra assinada pelo próprio Dom Carlos:


NOTA PÚBLICA

Em decorrência da propagação de mensagens que dizem respeito à posição do bispo e da Diocese sobre as medidas de isolamento social adotadas em Castanhal, declaramos que reconhecemos as dificuldades dos comerciantes; a importância do trabalho e do emprego; como também do necessário funcionamento dos serviços essenciais – estabelecidos pelas autoridades competentes – que não podem parar, sob risco de agravamento da crise social.

E reiteramos o que afirmamos nas reuniões do Comitê de Gerenciamento de Crise: é melhor superar esta crise com menos recursos do que com menos vidas. As medidas do Lockdown prorrogado pelo Governo do Estado e do Município são o caminho mais eficaz de evitar as mortes e precisam ser fiscalizadas. Quanto mais relaxamos o isolamento, mais sofrimentos teremos. Não defendemos o uso da força, mas sim a presença policial efetiva e planejada que ajude a orientar, controlar e conscientizar a população da gravidade da situação e da importância de respeitar as medidas em toda a cidade.

O cuidado da vida, dom e compromisso – que hoje se traduz no esforço pelo isolamento social e solidariedade – é responsabilidade de cada católico. A voz da Igreja e de cada cristão se erguerá sempre na defesa da vida e vida de todos.

Dom Carlos Verzeletti

Bispo Diocesano de Castanhal

Castanhal-PA

16 de Maio de 2020


158 visualizações