O Natal da Casa da Ressurreição


O Sino toca: é o sinal que convida para algo importante. É hora de celebrar a eucaristia na comunidade terapêutica da Ressurreição. Dom Carlos todos os anos preside a Eucaristia para os recuperandos. A Missa começou por volta das 10h30 do dia de Natal, um dia especial para homens que experimentaram momentos de noites profundamente escuras e agora encontram luz e perspectivas de uma vida nova.


A capela é simples e humilde, os músicos têm o coração cheio de alegria, empenhados no serviço de animar a celebração, a comunidade acompanha cada gesto e escuta com atenção a cada palavra. Na ocasião, quinze rapazes da casa da Santíssima Trindade que completaram o processo de recuperação e reabilitação para a vida familiar e social.


Quem faz a experiência da casa da Ressurreição passa também por um novo Natal, um novo nascimento. A vida nova tão almejada por homens marcados por experiências tão duras, encontra novo rumo. O lugar retirado, o contato com a natureza e a vida fraterna, ensinam aos rapazes uma forma nova de viver e de amar, que se fundamenta no serviço e na colaboração mútua.


Por Luciano Tiago - Texto e fotografia

21 visualizações