Cestas de Natal mobilizam voluntários

28/12/2013

Para que as cestas do Natal Solidário ficassem prontas a tempo, e através deste pequeno gesto alegrar corações no período de Natal, muitas equipes e pessoas por iniciativa própria entraram numa jornada exigente, mas que valeu à pena - montar as caixas e arrumar as cestas de natal, na Catedral da Diocese de Castanhal.


Desafios do voluntariado
Ainda que muitas pessoas tenham se mobilizado para ajudar, é pouco diante do número de cestas e do contingente de fiéis da Igreja. As cestas beneficiarão inúmeras famílias carentes da Diocese, mas o gesto de dar não se encerra em si, isto é, tanto a preparação destas cestas quanto inúmeros outros serviços da Igreja ainda constatam com uma participação muito pequena de voluntários.


‘Contra’partida
Na entrega das cestas à paróquia de São Caetano, houve um problema que impediu que elas chegassem ao seu destino no horário previsto: um agente de trânsito não permitiu que a equipe adentrasse na cidade, pelo fato de todos os caminhões que ali passassem deveriam pagar pedágio, a equipe que levava os alimentos não estava preparada para tal situação, sofreu grande desconforto. 


Para os voluntários da Diocese, que se empenharam para a realização do Natal Solidário, foi de extrema ignorância o fato do guarda "solicitar" R$20,00 para a entrada das cestas. A equipe de distribuição ficou constrangida com a situação mas não se deixou abater, ainda mais depois que a paróquia recebeu com muito carinho a todos, quando conseguiram chegar ao destino. - Talvez o agente precise de mais esclarecimento, já que a entrada da cidade não deveria ter pedágio, pois as vias são do governo, isto é, públicas e não privadas, e depois todo transporte, que presta qualquer tipo de serviço público e social à necessidade da comunidade, tem passagem livre em qualquer pedágio.

Please reload