Catequistas de Castanhal - "Ecoar o Evangelho é espalhar a Alegria"

02/09/2014

Congresso de Catequistas 2014 foi nada menos que uma bênção. Mais de 1600 participantes, vindos dos quatro cantos da Diocese de Castanhal, celebraram, partilharam, aprenderam e se alegraram no Evangelho.

 

Na missa presidida por Dom Carlos, o bispo ressaltou o encantamento, ou nas palavras do profeta Jeremias, a “sedução” do Senhor. Convidou a cada um lembrar o momento, ou momentos em que o amor a Jesus falou mais forte na vida. Este amor que é experiência pessoal e comunitária, à medida que é um ponto de chegada e de partida, uma convergência entre os cristãos.

 

Nas palestras que sucederam, dois temas atuais da Igreja no Brasil e no mundo: as 5 urgências da ação evangelizadora no Brasil foram o tema da fala de Dom Carlos, que orientou, provocou e não deixou cair o ritmo quando o calor estava mais forte na Catedral. Já o padre Gabriel, munido da Evangelii Gaudium falou aos catequistas à tarde.

 

A adoração encerrou a tarde. Mas o encontro dos Catequistas não terminou exatamente ali. Feliz foi a fala de Dom Carlos ainda pela manhã, no Congresso: “Não se pode ser catequista apenas uma vez por semana. Tem que ser catequista de segunda a segunda, encontrando os irmãos e partilhando a Palavra, testemunhando o amor de Jesus”, que pode ser complementada pela irmã Iveth Amorim, coordenadora da Pastoral da Catequese: “Congresso significa congregar, unir a todos, de verdade, num objetivo”.

 

Assim, o Congresso não terminou porque ainda que separados por distâncias diversas no espaço, permaneceu a unidade a vontade de fazer Jesus ainda mais conhecido.

 

Para o próximo Congresso, o bispo lançou ainda um desafio: triplicar o número de catequistas na Diocese. Assim, missão e catequese devem andar ainda mais unidas em nossas comunidades. Deus abençoe as iniciativas!

 

Please reload