DIOCESE DE CASTANHAL TEM TRÊS NOVOS PADRES

03/06/2019

 

 

 

Na noite da sexta-feira (31), Festa da Visitação de Nossa Senhora, na Catedral Santa Maria Mãe de Deus, Dom Carlos Verzeletti ordenou sacerdotes os diáconos Carlos André dos Santos, João Ricardo Aleixo de Lima e José Antonio Costa Souza.

 

As paróquias da Diocese, em festa, lotaram a Catedral vindas dos mais diversos lugares. Toda a Igreja particular de Castanhal bendizia a Deus pelo dom da vocação destes novos pastores que nesta noite receberam a imposição das mãos do bispo e do colégio presbiteral.

 

Os jovens neo-sacerdotes, que realizaram seu retiro no Cenóbio da Transfiguração desde a manhã da segunda-feira (27), pregado pelo vigário geral, Monsenhor Gabriel Silva, foram alegremente introduzidos na comunidade dos presbitérios diocesanos, em comunhão e colaboração com seu bispo. Agora, a Diocese de Castanhal poderá contar com mais três pastores locais, presentes da Virgem Maria, como mencionou o bispo na festa da Visitação, para realizar a árdua tarefa de construir o Reino de Deus nestas terras amazônicas.

 

Na homilia, Dom Carlos fez questão de salientar que o próprio presbítero, enquanto homem escolhido e separado por Deus, pelo Seu chamado, se torna o sinal vivo do sacramento da ordem: o padre é sinal presente e ativo de Cristo no meio do povo ao qual é consagrado. A voz paterna do Bispo indicou, mais uma vez, os caminhos para a fidelidade e a fecundidade no ministério sacerdotal e à santidade pessoal dos neo-sacerdotes.

 

Os padres foram destinados aos mesmos lugares que já estavam enquanto diáconos: Pe. Carlos André, vigário na paróquia Nossa Senhora do Rosário em Curuçá; Pe. João Ricardo, vigário na paróquia São Sebastião em Igarapé-Açú e Pe. José Antônio, reitor-formador do Seminário de Filosofia Dom Joaquim Vicente Zico, em Castanhal.

 Autoria: Luciano Bezerra / Fotos: Everardo Freitas

Please reload